images

Indian-Brazilian Webinar tem início com destaque para a infraestrutura dos dois países

16/06/2021

O "2021 Indian-Brazilian Webinar" teve início nesta quarta-feira (16/6) com destaque para as áreas de infraestrutura dos dois países. O encontro já alcançou 1.500 visualizações. A abertura do evento foi realizada pelos presidentes das duas entidades, N.K Samadhiya, da IGS, e Fernando Schnaid, da ABMS, que apresentaram as respectivas associações e lembraram da proximidade entre os dois países. 

 

O primeiro palestrante do dia foi o professor T. G. Sitharam, responsável por apresentar a 42º IGS Annuel lecture, que reconhece membros com uma significante contribuição para a IGS - Sociedade Indiana de Geotecnia. O engenheiro falou sobre os desafios da infraestrutura deste século na Índia e mostrou diversos projetos desenvolvidos no país. 

 

Fernando Leyser, especialista em túneis e espaços subterrâneos, fez um panorama geral sobre os desafios do Brasil, principalmente em relação aos transportes, geração de energia e rede sanitária. Sitharam e Leyser abordaram ainda oportunidades de investimentos em infraestrutura nos dois países. Fechando a rodada com um debate entre os palestrantes e o público.

 

O segundo tema da manhã foi barragens. A doutora R. D. Chitra, diretora da Central Soil and Materials Research Station (CSMRS), discorreu sobre os principais tipos de barragem de aterro (embankment dams) e apresentou o cenário da Índia quanto ao número de grandes barragens construídas no país. Abordou, ainda, as causas mais comuns de acidentes e alguns casos de problemas em barragens na Índia. Por fim, apresentou as orientações da CSMRS para a construção e supervisão dessas estruturas.

 

Em seguida, Paulo Franca, associado à ABMS e consultor independente da F&Z Projetos e Consultorias, apresentou falhas em barragens de rejeitos no Brasil. Franca iniciou o assunto indicando, em ordem cronológica, exemplos de acidentes ocasionados por falhas em barragens, seus impactos na região e as causas. Franca também mostrou como esses acidentes levaram à criação de uma legislação específica para o funcionamento de barragens de rejeitos. Ao final do evento, os palestrantes tiraram dúvidas do público.

 

“As apresentações foram excelentes e deram aos participantes uma visão geral dos dois países. Saímos com mais conhecimento do que tínhamos ao início do evento”, comenta o presidente da ABMS, Fernando Schnaid. “Temos mais dois dias pela frente, com temas estratégicos para Brasil e Índia e que são de interesse de toda comunidade geotécnica”.

Confira a programação dos próximos dias de evento aqui. Participe!

Temas relacionados: